Arquivo para a Minha visão de dança Categoria

Bravíssima flor da dança brasileira

Bravíssima flor da dança brasileira

janeiro 19, 2015 arquivado em: Minha visão de dança | 2 Comments

Queria esquecer que sei dançar para apenas dançar sem saber. Esse é um dos pensamentos que permeiam Pretérito Imperfeito, a mais recente criação da companhia mineira Mimulus, dirigida por Jomar e Baby Mesquita. O espetáculo que fala sobre a questão da memória instiga o espectador assim que ... Leia mais»

Grupo Corpo ensaia potências dissonantes em Triz

Grupo Corpo ensaia potências dissonantes em Triz

novembro 22, 2013 arquivado em: Festivais no Brasil, Minha visão de dança | 2 Comments

Um enferrujado dedilhar de violão soa no vazio, por entre franjas de aço que delimitam de cima a baixo toda a cena. Logo se vê, então, sob a luz fria, um pequeno grupo de bailarinos-corda: de pé, esticam e ressoam pernas e braços, afinando seus corpos "nonada". No diálogo ser-tão/ser-triz da... Leia mais»

Sobre Expectativas e Promessas: ruidosa passagem para o futuro

Sobre Expectativas e Promessas: ruidosa passagem para o futuro

novembro 8, 2013 arquivado em: Agenda, Festivais no Brasil, Minha visão de dança | 2 Comments

Daniel, Marcia, Luiza, Érika, Paula, Ana Maria, Rodrigo, Nathalia, Regina, Antonio Carlos, Priscila, Vera, Marcos, Jacqueline, Gabriela, Raul, Ruth, Rafael, Nelson, Edson, Nirvana, Oleno, Ana Francisca, Janaína, Thiago, Lily, Israel, Helena, Marcelo...pessoas (das que sei) que me ajudam a continua... Leia mais»

A Sagração de Xavier: incêndios sobre o rio Amazonas

A Sagração de Xavier: incêndios sobre o rio Amazonas

outubro 18, 2013 arquivado em: Festivais no Brasil, Minha visão de dança | No Comments

Anteontem ouvi Milton Hatoum citar a primeira "viagem etnográfica" de Mário de Andrade ao Norte do Brasil: que partia de Santos, no litoral paulista, percorrendo parte da Amazônia e chegava a Iquitos, no Peru (aliás, sua única saída do país). Hoje, ao acordar, ouço na rádio a notícia de um... Leia mais»

Na vertigem do picadeiro

Na vertigem do picadeiro

outubro 11, 2013 arquivado em: Escolas, Escolas na Bahia, Inspiração, Minha visão de dança | 2 Comments

Nem só de dança vive a dança. Às vezes ela surge na transição, na vertigem, no ajuste, no meio do caminho. No meu caso, surgiu numa tenda de circo erguida (via edital público) à beira da estrada BA 001, em Serra Grande. Era um fim de tarde chuvoso, quando resolvemos experimentar uma aula ind... Leia mais»

Marcelo Evelin na comissão

Marcelo Evelin na comissão “indisciplinar” do Rumos: dança se embrenha em outros terrenos

setembro 6, 2013 arquivado em: Agenda, Editais, Minha visão de dança | 1 Comment

Começo esse post fazendo menção a uma entrevista inspirada que acabo de ler com o antropólogo Eduardo Viveiros de Castro (+). Na conversa com a jornalista, suponho, Stella Maris para o site Rede Humaniza SUS, ele dispara: "iludido por noção ultrapasada de progresso, o Brasil pode desperdiçar ... Leia mais»

A Alma da Gente: cidadania possível pela dança de Ivaldo Bertazzo

A Alma da Gente: cidadania possível pela dança de Ivaldo Bertazzo

agosto 31, 2013 arquivado em: Agenda, Inspiração, Minha visão de dança | 1 Comment

Enquanto penso no sensível filme A Alma da Gente, de Helena Solberg, em parceria com David Meyer - em cartaz este mês nos cinemas - descubro uma curiosa simultaneidade de fatos com a minha própria história. O documentário foi produzido em dois tempos, com um intervalo de dez anos entre o regist... Leia mais»

Humus inaugura nova companhia do multiartista Antonio Nóbrega

Humus inaugura nova companhia do multiartista Antonio Nóbrega

junho 20, 2013 arquivado em: Agenda, Minha visão de dança | 4 Comments

Em meio aos protestos do MPL em São Paulo da última quarta-feira (19), fui pra rua participar de uma conversa sobre a dança brasileira de Antonio Nóbrega, o multiartista que há 40 anos estuda as mais variadas manifestações populares desse nosso país. A conversa giraria em torno de Humus, seu... Leia mais»

Annabel Guérédrat e sua dama

Annabel Guérédrat e sua dama “hottentot” da Sé

novembro 19, 2012 arquivado em: Minha visão de dança | 4 Comments

Annabel Guérédrat fita o céu, estuda-o. Caminha lentamente sobre saltos vermelhos e, apesar de encasacada num bolero muito felpudo, traz o colo nu... Veste apenas um short e alguns adereços femininos, colares: tudo vermelho, cor de sangue, das paixões, da realeza, da coragem, cor carnal. Se... Leia mais»

Márcia Milhazes dança a alquimia do encontro

Márcia Milhazes dança a alquimia do encontro

outubro 24, 2012 arquivado em: Agenda, Minha visão de dança | 2 Comments

É tempo de verão, as camélias estão em seu auge e Márcia Milhazes nos convida a cair do galho... No foyer do Teatro Sérgio Cardoso, em São Paulo, pende um enorme lustre de flores criado por Beatriz Milhazes, parceira de outros tempos... Instalado a pouco mais de um metro do chão, insinua... Leia mais»

« Older Posts